Em casa

É domingo e estou na casa dos meus pais. Aqui passei toda a minha infância e adolescência, até chegar à faculdade. Embora não goste de me lembrar do passado, não suportando ver sequer uma foto, este lugar me inspira, numa mescla de alegria e melancolia (não consigo decidir qual é o predominante). Tenho uma relação…

Ler mais

Deitado no chão,  nu e tentando respirar.

Anotação no diário em 15 de fevereiro de 2017. 

O mundo está quieto aqui

Aparentemente está tudo voltando ao normal. Hoje é domingo e eu passei o dia sozinho em casa, como de costume. Surpreendentemente, de uns tempos para cá a minha presença tem sido agradável como nunca fora antes, talvez por causa da minha evolução enquanto ser humano ou da minha aceitação acerca do amor fati. Logo de…

Ler mais

A fuga da angústia pelas vidas de Kierkegaard

Søren Kierkegaard foi um filósofo dinamarquês do século 19. Considerado o pai do existencialismo, colocou a condição humana como o centro da questão e foi o maior crítico do sistema de Hegel, maior nome daquela época, dizendo que esse focou muito na abstração, deixando de lado o irracional, o inconsciente e a vontade. O existencialismo…

Ler mais

Dissecando “Tudo”

Escrevi “Tudo” após uma conversa esclarecedora, no meu quarto, no escuro, sozinho, ouvindo “A Message” da Kelela, em um momento muito sensível e muito inspirador num nível que tive a necessidade de transformar o que eu sentia em palavras. Inicialmente deveria ser um texto corrido, mas na minha cabeça a frase “eu gosto de tudo…

Ler mais