No dia 26/06, voltando da Armênia para o Vaticano, o Papa Francisco acertou dizendo a jornalistas a bordo do avião que “cristãos e a Igreja Católica Romana devem procurar o perdão de homossexuais pela forma como eles foram tratados”. Ele também disse que a Igreja deve pedir perdão pela forma como tratou as mulheres, por fazer vista grossa ao trabalho infantil e pela “bênção a tantas armas” no passado.

Depois do massacre em Orlando e o surpreendente apoio de fanáticos religiosos ao assassino, dizendo que foi Deus quem mandou o atirador para limpar a “sujeira” na Terra, a fala do Papa é mais do que importante.

É interessante quando pensamos que os religiosos mais preconceituosos são aqueles que seguem doutrinas que detêm de escrituras para sua manutenção. Bíblia, Alcorão ou Torá, não deveriam ser levados ao pé da letra. Os livros foram escritos há muitos anos, suas traduções podem não estar de acordo com o tom poético, ilustrativo, subjetivo, parábolas, ou o que quer que seja.

Por um lado racional, qualquer pessoa em seu estado normal entende o preconceito que os LGBTI’s já sofreram e sofrem todos os dias e que isto não é justo em nenhum ponto de vista. Se a orientação sexual não é escolha do indivíduo, por que seria certo julgá-lo por ele ser assim, como veio ao mundo?

O Papa disse uma coisa que nós acreditávamos que iríamos morrer sem ouvir algo do tipo vindo de uma liderança religiosa. Obrigado.

Curta a página do ‘Acerbo aos Domingos’ no Facebook.

Anúncios
Posted by:HERNANDES

Eu sou um protesto contra a insensibilidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s