Acaba de chegar ao Brasil uma rede social diferente. Nela, homens mais velhos, ricos e generosos procuram moças jovens e sonhadoras que querem ser sustentadas. Eles são chamados de “sugar daddies” e elas de “sugar babies”. O site é muito organizado. O homem se cadastra e as informações mais importantes são sua renda mensal e seus bens acumulados. As mulheres podem filtrar e escolher os homens justamente por sua riqueza.

Existem pessoas querendo ser sustentadas e existem pessoas querendo sustentar. Parece fácil, mas um relacionamento onde o interesse financeiro é tão escancarado é inevitavelmente complicado para a maioria. Ter muito dinheiro é um problema, e não ter nenhum é um desastre, mas basear um namoro na conta bancária do outro é um retrocesso.

Falamos o tempo inteiro de igualdade. Igualdade de gênero, igualdade racial, igualdade social. O mundo precisa ser mais igual e isso só conseguiremos com luta e trabalho. Nós vivemos num lugar onde quem tem dinheiro detém o poder. É assim hoje e foi assim sempre: nas relações entre homem e mulher, pais e filhos, patrão e empregado, etc. Ser bancado é ser submisso.

Não consigo imaginar alguém se realizar sendo sustentado por alguém. Costumo dizer que não quero ser sustentado pelo meu pai, quanto mais por quem transa comigo. Ficar com alguém por dinheiro é prostituição.

A romantismo de quem acha que para o amor não há idade é fora do mundo real. Uma diferença muito grande entre as idades pesa e há interesse sim. Acho muito difícil uma jovem de vinte anos se envolver sem interesse algum com um homem que tem mais de sessenta anos.

O que mais importa na vida é a realização pessoal. Namorar alguém por ele ter o carro do ano, uma casa no bairro chic da cidade e vários zeros na conta bancária é decadente. Isso tudo não te realiza. O que traz satisfação é conquistar com o seu trabalho, e não com o alheio.

Curta a página do ‘Acerbo aos Domingos’ no Facebook.

Anúncios
Posted by:Hernandes Matias Junior

Eu acordo cedo nos feriados. O vício da rotina não me permite acordar depois das nove, ao mesmo tempo que a TV me bombardeia sem tréguas com a programação da manhã e me causa sonolência, mas não tédio. Tédio é sentimento de pessoas que não têm inspiração, e isso é o que não me falta.

4 replies on “Os que namoram por dinheiro

  1. mulher gosta de ser comida direito….pode v q maioria dessas mulheres q colam com esses endierados pulam a cerca e dão pro malandro q n tem disposição e chegam junto

    Curtir

  2. Tolinho…Sabe de nada, inocente…esse papinho de “amor” e “realização pessoal” é coisa de adolescente ingênuo. A grande maioria das mulheres se deixam levar por status financeiro SIM, olhe a sua volta…A primeira coisa que olham é o carro e a conta bancária do sujeito. Você já viu uma mulher linda com um cara pindaíba? Pode até existir mas é bem raro. Pode apostar que não faltarão candidatas aos Sugar Daddies,

    Curtir

    1. Zé sincero meu amigo, tuas palavras transparecem tua frustraçao. Se engana meu caro! Há mtas mulheres na vida assim sim, ( eu por exemplo), talvez meu amigo vc tenha procurado amor nos lugares errados e se cercando de pessoas nao tao boas assim. Jamais generalize .. Tiro no pé. E nao ponha a frustracao de sua vida na conta dos outros.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s