Não sei por que ainda entro no Facebook. Uma rede social sem graça, mais fotos do que texto, onde se proliferam informações erradas e onde os imbecis despejam seus desserviços. Talvez seja essa a função do dito cujo: mostrar pra gente quem é idiota, para nos afastarmos na vida real. Obrigado, Mark Zuckerberg.

Pedro Arraes, que aliás eu não faço ideia do porquê ele estava no meu Facebook, me fez voltar a pensar na estupidez do ser humano. Seu post dizia “pode me critica mais tá querendo meu lugar, eu não tenho crédito pra ligar pra sua opinião, eu sou iPhone e tu não passa de um moto g kkkk quem nasceu pra ser Android nunca vai ser iOS kkkkkkkk“. Copiei na íntegra, mantendo inclusive os erros de português, pois acho um desrespeito com o “artista” mutilar sua “obra”.

A publicação reuniu o que eu acho de pior: gente que se acha superior por causa de sua boa situação financeira, o famigerado iPhone que tem durabilidade programada e erros ortográficos.

Maturidade é saber que dinheiro não torna ninguém melhor ou pior. Tendo essa convicção, você se sente confortável em qualquer ambiente. Pedro Arraes se autodenomina “iPhone” e chama o outro de “Moto G”, se colocando superior por ser mais caro. Que preguiça. Sinto pena por quem inveja dinheiro e por quem se sente melhor por ser invejado por causa do mesmo. Eu “invejo” trabalho.

Se Pedro é rico, não sei. Mas se for, fica comprovado que a inteligência muitas vezes é uma escolha, e ele escolheu ser burro.

Até porque o mundo é comandado por pessoas fracas. O iPhone, inclusive, é a marca das pessoas fracas. As pessoas fortes acordam às 5 da manhã e trabalham para sobreviver. Jamais gastariam três mil reais em um celular, pois elas pensam em futuro. Juntar dinheiro para sair do aluguel, ou para pagar a faculdade dos filhos. Não sabem o que é Android muito menos iOS, já que têm outras prioridades. O mundo do iPhone não cabe aqui.

Pessoas fortes nunca ouviram falar em Zara ou BB cream. A turma do Moto G só usa o WhatsApp. Até usam o Instagram de vez em quando, mas não veem uma finalidade no aplicativo. O critério para o rolê é o preço, então poderão ser encontradas em alguns barzinhos de esquina dando altas gargalhadas, mesmo não fazendo ideia da existência de Netflix, Billboard, ou Vogue.

Elas andam de ônibus e acreditam que a materialização da riqueza seja andar de táxi. Não acompanham o mundo das cantoras pop, elas não têm tempo pra isso, muito menos interesse. Gostam de algumas músicas que tocam na Jovem Pan, mas o gostar fica nisso, não sabem o nome da música, nem o de quem canta.

Vivem na pindaíba. Recebem num dia e no outro já se veem na quebradeira novamente, pois usaram o dinheiro para pagar suas contas. Mas assim vão vivendo, driblando as dificuldades financeiras e sonhando em ficar no verde no próximo mês.

É uma tristeza pessoas não se reconhecerem. Pessoas fortes nem imaginam que são fodas. E pessoas fracas, como Pedro Arraes, nem imaginam que são ridículas na maior parte do dia.

Mas sobre o Pedro, esse já não mais se encontra na minha lista de amigos do Facebook.

Curta a página do ‘Acerbo aos Domingos’ no Facebook.

Ilustração: Juliana Russo.

Anúncios
Posted by:HERNANDES

Meu corpo conta uma história da qual ninguém conhece.

10 respostas para ‘Alô, riquinho!

  1. Aqui onde moro, tem brick de iphone que não funciona, só para ostentar (é só dizer que acabou a bateria) e disputa até das versões (meu gold é melhor que o teu).
    Então, pelas minhas observações, muitos usam para ostentar mesmo.

    Curtir

  2. Interessante seu ponto de vista e respeito ele, mas nem todas as pessoas são fúteis, tenho tudo da Apple , Iphone , ipad , ipod, imac , apple TV, e nem por isso me acho superior a alguém, tenho porque gosto da qualidade dos produtos pois depois que comecei a usar nunca me deixaram na mão, são caros aqui no Brasil infelizmente, mas é uma questão de gosto e necessidade, por trabalhar com áudio e vídeo são extremamente importantes pra mim, também acordo cedo e trabalho o dia todo como várias pessoas e acho que o que nos diferencia é o caráter , e não o que possuímos.
    Parabéns pelo site , curto muito.

    Curtir

  3. Por que é que muitos garotos e garotas pobres sonham e as vezes até conseguem um Iphone ? Para se exibir nas baladas e se sentir superior, como se uma bosta de celular tornasse alguém melhor ou pior.
    Lamentável,

    Curtir

  4. Cara, descreveu muitas pessoas, principalmente a minha vida, alias eu tenho um Moto G, melhor que qualquer Iphone, pois a bateria dura mais.

    Ótima critica, continue assim.

    Att

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s