Venho de uma família católica bem tradicional. A devoção passa de geração para geração, e todos que conheço mantém um fé forte em um ser superior que olha por todos nós de lá de cima. Fui batizado, crismado e agora só me falta casar. Mas de fato, crer em Deus é difícil e requer força, e eu muitas vezes sou fraco.

Com exceção de quando estou passando por dificuldades, estou precisando de alguma coisa e quando meu time está jogando a Libertadores, sou descrente. Desculpe minha sinceridade, mas é verdade. Minha visão de mundo é muito racional na maior parte do tempo, e se a existência de Deus for verdade, por que o mundo é tão injusto?

Vejo, leio e ouço e percebo o quanto o mundo é ingrato. Isso não tem a ver com karma, o que, aliás, merece um texto sobre. O planeta é simplesmente muito aleatório e não me dá brechas para acreditar no transcendental. Eu posso acabar de escreve esse texto e ser atropelado logo depois quando estiver indo colocar o lixo para fora. Que sentido tem a vida?

É muito abstrato a ideia de céu e inferno. Afinal, onde ficam esses lugares? Vida após a morte é um raciocínio que deve ser explicado aos mínimos detalhes pois eu sou curioso e tenho dúvidas.

Só numa mente muito cristã as pessoas estão sofrendo, seja nas comunidades do Sudeste, na seca no Nordeste, nos países africanos e árabes, esperando a salvação da divindade que, algum dia, vai descer, mesmo que essa promessa esteja se arrastando durante muito tempo.

Ao mesmo tempo que falo isso, sinto que fico desamparado quando me acontece algo. Acreditar em Deus é ter um respaldo, um colo de mãe. É preciso alguém ou alguma coisa para se depositar a fé. Não é ato de fraqueza, e sim necessidade.

Numa realidade dolorosa, de pessoas passando fome e outras ostentando vaidades, acreditar no transcendente é um ato de bravura.

Curta a página do ‘Acerbo aos Domingos’ no Facebook.

Anúncios
Posted by:HERNANDES

Eu sou um protesto contra a insensibilidade.

8 replies on “É preciso ser forte para acreditar em Deus

  1. Quero apenas deixar algumas perguntas soltas para reflexão: É possível calcular quantas pessoas já foram assassinadas brutalmente, quantas foram mutiladas e torturadas cruelmente, quantas foram queimadas vivas, quantas crianças mortas, quantos já viraram escravos, quantas mulheres já foram e são mutiladas sexualmente para não sentirem prazer, quantas mulheres já tiveram sua liberdade e personalidade anuladas por serem “seres inferiores”, quantas guerras já foram proclamadas, quantos inocentes já foram mortos – tudo em nome de Deus (seja ele qual for)? Por que um Deus de amor permitiria esse tipo de atrocidade feita em Seu nome? Penso que se existe algum tipo de Deus, este é completamente indiferente à vida na Terra. Neste caso, de que vale adorá-lo? Por que gastaria sua “mágica” para criar seres para sofrer? Seria Ele um sádico ou um narcisista que proclama “me adore ou vá para o inferno queimar eternamente”. Será que isso realmente faz sentido? Um deus de amor, conseguiria ser indiferente à fome na África, ao genocídio de campos de concentração de Judeus fiéis ao seu nome, à crianças inocentes que nascem doenças terríveis, à toda injustiça deste mundo?? Deus já não teria motivos suficientes para aparecer e colocar um basta nisso tudo? Quantos séculos de atraso científico tivemos devido às religiões? A religião é o pior mal já inventado pelo homem. Inimiga da razão, do livre pensamento, da liberdade e do desenvolvimento ao passo que doutrina multidões desesperadas por esperança para enriquecer entidades oportunistas e controla as massas. Gostaria muito que o grande mágico existisse, mas não consigo um motivo para acreditar. Nos conformemos com nossa finitude e aproveitemos o pouco tempo que temos aqui, pois ele é limitado. Deus é um consolo para a dor da nossa vida cruel e injusta. Sugestão de leitura: Richard Dawkins, Deus, um delírio.

    Curtir

  2. Caro Hernandes,

    Antes de negar qualquer coisa penso que tenho que pesquisar o suficiente sobre o assunto para ai sim tirar minhas conclusões e convicções. Existem inúmeras religiões doutrinas e afins que tratam de algum Deus. Você já parou para ler sobre todas elas para poder negá-lo com tanta convicção? Tenho certeza que no meio dessa infinidade de fontes alguma abordara o tema de uma maneira que você concorde e tenha alguma afinidade.
    Tenho mais certeza ainda que falta você buscar mais sobre o assunto somente pela sua menção:

    “É muito abstrato a ideia de céu e inferno. Afinal, onde ficam esses lugares? Vida após a morte é um raciocínio que deve ser explicado aos mínimos detalhes pois eu sou curioso e tenho dúvidas.”

    Existe uma quantidade bem grande de material falando sobre o assunto e muito bem detalhadamente. Procure sobre a Doutrina Espírita, que achará bastante material que talvez sane suas dúvidas e curiosidades.

    Religiões, crenças, convicções, são algo pessoal. O exemplo acima é somente um conselho, creio que existam muitos outros materiais que também abordem o tema de maneira séria. Creio ainda que qualquer que seja sua crença, ela é valida se não fizer o mal e de alguma maneira torne esse mundo difícil que vivemos um lugar melhor.
    Deus não criou nenhuma religião, ele somente nos mostra onde devemos chegar, o caminho que tomaremos não importa se nos levar aonde ele nos mostrou.

    Grande abraço e que Deus te abençoe!

    Curtir

  3. Meu amigo. Queremos um mundo mais justo, mas nem mesmo eu e você somos justos o tempo todo. Nao podemos ser hipocritas e nos julgarmos justos o tempo todo. Temos todos o livre arbitrio e se Deus influenciar no nosso livre arbitrio para o mau, quem nos garante que ele nao faria o mesmo para o bem? Seriamos maquinas manipuladas. O verdadeiro amor só manifesta de forma ampla pela nossa liberdade em escolher amar e não escolher matar, roubar… E quem escolher o lado certo vai ver a gloria do senhor, mesmo que por um tempo sofra com a injustiça, mas o mesmo ocorreu com Cristo e porque seria diferente conosco.

    Tem uma história do folclore oriental, de um homem que perdeu seu cavalo que fugiu, e quando o cavalo fugiu, o vizinho veio e disse: Que má sorte, seus cavalos fugiram. E ele disse: O que eu sei dessas coisas?. Alguns dias depois, o cavalo voltou com vinte outros cavalos selvagens. E o vizinho disse: impressionante, não é má sorte, é boa: você tem mais vinte cavalos. E ele disse: O que eu sei dessas coissas?. O filho mais novo estava domando um dos cavalos novos. O cavalo chuta ele e quebra sua perna. O vizinho disse: Terrivel não é? A perna do seu filho esta quebrada. Que má sorte que esses cavalos vieram!. Ele disse: O que eu sei de má sorte e boa sorte?. Alguns dias depois, bandidos vieram procurando recrutas fisicamente habeis para sua gangue, e quando iam recrutar esse jovem, perceberam que sua perna estava quebrada, e disseram: Não queremos ele, vamos para a proxima casa. O vizinho disse: Que boa sorte que seu filho quebrou a perna.;

    Em uma pequena serie de episodios não sabemos o que esta adiante. Então Porque você não espera até estar diante de Deus face a face, e ai vai descobrir que havia razões porque ele não parou aquele gatilho? Para que você veja a malignidade do mal e a majestade do amor e do bem navegando você na sua peregrinação até o que é eterno.

    Abracos e que Deus te abencoe!

    Curtir

    1. Como é bom ter fé!

      Se algo de bom aconteceu, foi DEUS que abençoou a sua vida, se algo deu errado, e ele não fez nada é porque ele deu lhe livre arbitrio.

      Todos os Cristãos são Ateus com os Deus dos outros, pois não acreditam em Buda, nos Deuses HINDU em ALA etc. e vice versa.

      Religiões em geral provavelmente serão MITOLOGIAS num futuro nem tão distante.

      Esta é minha forma de pensar, e acho que tenho o direito de dizer, e respeito quem pensa diferente, e mais, tenho realmente inveja de quem tem fé, é muito bom ter esta segunda chance, acreditar que nunca esta sozinho e que nenhuma injustiça ficara impune.

      Não basta querer ter fé.

      Não sou capaz de ser indiferente a fome na africa, as guerras no mundo árabe, aos genocídios no Brasil, e saber que existe um deus que poderia estalar os dedo e acabar com tudo, ou pelo menos não deixar que a mãe de uma criança que será morta a tiros com 8 anos engravide, afinal de contas ele “JÁ SABIA QUE ISSO IRIA ACONTECER” ou ele não sabe do futuro?

      Muito bom artigo.

      Boa sorte a todos!

      Curtir

      1. Concordo completamente com você. Eu sinto o mesmo, queria conseguir acreditar num Deus superior. Só discordo quando você fala que as religiões serão mitologias num futuro não tão distante. As pessoas têm fome de fé, e diferente do que se pensa, segundo algumas pesquisas que eu li, estão cada vez mais crentes. Abraços.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s