Eu sempre fui dormir pensando em alguém, me imaginando com a pessoa, traçando planos, imaginando nosso futuro, mesmo que fosse algo fantasioso longe de acontecer. Quando não tinha em quem pensar, eu simplesmente inventava. Gosto de ir dormir pensando em algo bom, principalmente se for em uma pessoa. Eu sei que isso é ridículo, mas se tratando de sentimentos, não há como escapar.

Mas mudei e tô sofrendo, confesso. A situação é a seguinte: me formo engenheiro civil no ano que vem e o atual cenário não é muito favorável para novos profissionais. Esse fato faz com que eu pense com angústia sobre o futuro e meus sonhos têm como protagonista a tão falada crise econômica.

Eu não gosto de falar em crise, acredito que o pessimismo piora tudo, mas, cá entre nós, admiro quem consegue pensar positivo numa situação dessas. Tem que ser uma pessoa muito protegida.

Entendo que a vida é feita de altos e baixos e que o poder de um país é definido justamente pela sua capacidade de solucionar problemas. O Brasil não vai pro buraco, pois ele é muito grande para caber em um. Mas apesar dessa consciência de que sim, as coisas tendem a melhorar até o ano que vem, me dói no peito.

Dói e não consigo pensar em mais nada. Eu gosto muito de escrever e não tenho feito isso como antes, pois me rola um bloqueio e um desânimo. Não tenho paciência para assistir a filmes e leio com muito esforço. Deixei de fazer coisas que eu amava por pura preocupação e ansiedade. Nem em sexo eu penso. Não tenho libido.

Não sonho em ser rico. Meu maior desejo é minha independência financeira. Não quero carro do ano, não quero o novo iPhone, nem roupas de marca. Tenho pavor disso tudo. Apenas quero viver bem. Isso me basta.

Com toda certeza não sou só eu que estou nessa paranoia e conversar sobre isso me alivia muito. Em um ano as coisas mudam muito, e em dois as coisas mudam muito mais. Faço um esforço para não pensar na vida depois que me formar, ainda falta um tempo considerável. Mas pensar positivo, realmente tá difícil. Preciso de atividades que me sirvam de escapismo. Nunca acreditei em meditação, mas agora tô pensando em voltar a tentar. Vamos lá.

Curta a página do ‘Acerbo aos Domingos’ no Facebook.

Anúncios
Posted by:HERNANDES

Eu sou um protesto contra a insensibilidade.

7 replies on “A crise antes de dormir

  1. Me formei (eng. civil) em em dezembro de 2014, a empresa que eu estava estagiando pegou a crise e ninguém foi contratado, pelo contrario. Fiquei desempregado e nem projeto minha casa minha divida apareceu pra mim. Consegui um emprego na prefeitura da minha cidade, para receber como estagiário e trabalhar como engenheiro. Isso foi ruim? Financeiramente eu era frustado, mas era isso ou ficar em casa esperando as contas chegarem, me agarrei na experiencia e sugava todo conhecimento e oportunidade que podia. Acabaram aparecendo projetos para fazer e hoje estou mais otimista. Estou investindo em um pós graduação, pensando em um mestrado, nunca pare de estudar.
    Meu concelho? Procure investir em cursos, se sujeite a salários baixos (não trabalhe de graça, claro) se for alguma empresa que ache que possa subir algum dia, mas faça network, veja pessoas, converse com empreiteiros, faça cartão de visita e espalhe pela cidade toda.

    Curtir

    1. Também me formei em dezembro de 2014 e com empresas boas em estágios no currículo, consegui um emprego em uma construtora que me pagava menos que ganhava quando estagiário (perdi o estagio quando me formei) mas mesmo assim estava otimista com pelo menos estar na área já que só consegui esse trabalho depois de 6 meses, mais infelizmente a crise chegou la também e estou desempregado desde maio do ano passado e sinceramente arrependido de ter escolhido tal profissão.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s