Segundo pesquisa da Win/Gallup International divulgada esta semana, 63% dos habitantes do planeta se dizem religiosos. E para nós que achamos que o mundo está ficando mais descrente e que já não busca tanto o sagrado, choquem-se: os jovens creem mais que os velhos.

Confesso que não fiquei tão surpreso assim quando eu li. Tenho 20 anos e, realmente, os jovens são muito religiosos – pelo menos aqueles que eu convivo. E mesmo aqueles que não são religiosos, são conservadores, resultado da osmose obtida da sociedade fervorosa.

Segundo Karl Marx, “a religião é o ópio do povo”, e é verdade. Assim como o entorpecente, a religião afeta a consciência, embriaga e distancia o homem da sua realidade, fazendo com que este permaneça em um estado inerte de quase inconsciência. A ignorância, claro, é a ordem da casa.

Com certeza você já percebeu o quão difícil é debater sobre qualquer assunto com uma pessoa religiosa. Isso porque a razão e a religião são uma mistura heterogênea. Conversando sobre a união civil gay, um colega veio falando sobre o sermão da montanha. Quando o assunto é adoção de crianças por casais homossexuais, são coisas horríveis que são faladas. Em outra conversa, desta vez sobre a legalização do aborto, um outro colega veio falando sobre sexo antes do casamento.

A união civil gay é um direito que deve ser garantido pelo Estado, não tem relação alguma com religião. As pessoas preferem ver uma criança, muitas vezes abandonada por um casal heterossexual, envelhecer em um orfanato do que ver esta sendo adotada por dois homens ou duas mulheres. No caso do aborto, a maioria das mulheres que abortam tem entre 20 e 29 anos, e são casadas e já possuem pelo menos um filho.

Em uma certa religião, tem-se que tudo o que nos acontece hoje é o pagamento ou recebimento do que nós fizemos em vidas passadas. Ou seja, tudo está traçado. A vida não tem sentido algum e as coisas acontecem de forma aleatória, e na maioria das vezes injusta. Só numa visão religiosa que as pessoas estão passando fome e sede na África porque estão esperando a divindade descer.

A fé mata. E não existe diferença entre as pessoas que seguem uma mesma religião. Existem evangélicos fervorosos, e existem evangélicos mais contidos, mas estes se sentam no banco da igreja e assistem condizentes todo o horror que o Pastor prega, seja contra homossexuais, outras religiões e até mesmo contra negros [LINK].

A religião seria algo bom se ficasse limitada apenas na autocrítica de seus seguidores, mas a vontade de impor estes ideais à outras pessoas causa preconceito, dor e morte.

O projeto “Gladiadores do Altar”, da Igreja Universal, é no mínimo chocante. Vídeos de jovens fardados, batendo continência e “prontos para a batalha” causa temor. É um exército fundamentalista pronto para impor sua religião às outras pessoas, mesmo que isso tenha que levar à violência de uma armada militar.

Não consigo entender a religião, e me orgulho de não ter uma da mesma forma que um religioso se orgulha da sua crença. É impossível qualquer debate que envolva razão quando as pessoas que estão debatendo tem uma influencia do sagrado, ou daquilo que seu líder religioso falou na igreja. Espero que um dia toda essa fome de fé seja sanada.

Anúncios
Posted by:HERNANDES

Eu sou um protesto contra a insensibilidade.

12 replies on “O ópio do povo

  1. Primeiramente, parabéns pelo blog. Penso que pra começar você jamais deveria generalizar algo tão complexo e com tantas facetas como a religião. É a mesma coisa que eu colocasse no mesmo balaio comunismo, socialismo e capitalismo de Estado, onde eles têm alguma convergência, no caso da religião a fé, mas são muito diferentes. Até concordo que a grande parte dos religiosos são intolerantes e não costumam discernir direito o que seguem, mas eu por exemplo, creio em Deus, por vezes até frequento uma igreja e mesmo assim não concordo com certas coisas. A religião influencia muita gente, mas um pouco de fé não fará mal a ninguém, o que causa o mal é o próprio homem que deturpa as idéias, no caso do cristianismo que é a que sigo, do amor ao próximo pregado por Cristo. Reparei que você respondeu a outro comentário que você leria o comentário se acreditasse na Bíblia, isso mostra que você é um pouco intolerante também, pois não respeita a fé do próximo e não se interessa em entender um mínimo que seja. Para termos uma melhor visão do que falamos é sempre necessário conhecer bem os dois lados, Entendo suas posições, bem “à esquerda”, mas você é jovem ainda, e como você citou Marx, citarei Churchill: “Quem não foi comunista até os vinte anos não tem coração, quem é depois dos trinta não tem juízo”. Abraço!

    Curtir

  2. só porque alguém segue algo de uma religião não quer dizer que ela é controlada por isso ou pelo que o pastor fala, e sim por que acha correto como objetivo de vida e para uma melhor vida em sociedade, você foi muito tendencioso, e só conhece o raso da religião pelo raso do que alguns pastores e membros fazem. os intolerantes religiosos sempre botam a culpa na religião, quando um evangélico diz sua opinião por exemplo sobre homossexuais, perante sua doutrina e 99 descrentes, sem religião simpatizam com isso e apoiam, a culpa é da religião, a opinião da maioria não significa que seja opinião religiosa,
    a respeito dos 63% que se dizem religiosos, mas não obedecem a Deus para quem quiser entender o Evangelho:

    Mt7:15Acautelai-vos quanto aos falsos profetas. Eles se aproximam de vós disfarçados de ovelhas, mas no seu íntimo são como lobos devoradores. 16Pelos seus frutos os conhecereis. É possível alguém colher uvas de um espinheiro ou figos das ervas daninhas? 17Assim sendo, toda árvore boa produz bons frutos, mas a árvore ruim dá frutos ruins. 18A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim produzir bons frutos. 19Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e atirada ao fogo. 20Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.

    21Nem todo aquele que diz a mim: ‘Senhor, Senhor!’ entrará no Reino dos céus, mas somente o que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. 22Muitos dirão a mim naquele dia: ‘Senhor, Senhor! Não temos nós profetizado em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios? E, em teu nome, não realizamos muitos milagres?’ 23Então lhes declararei: Nunca os conheci. Afastai-vos da minha presença, vós que praticais o mal.

    Curtir

  3. O problema de seus textos que você coloca suas ideias em um balaio mistutar tudo e querer fazer com isto que os ignorantes comprem suas idéias.
    Primeiro o seu deus particular Karl Marx era contra homossexuais chegando ao ponto de descrever karl Boruttau defensor de direitos homosexuais como uma “bichona desprezível” assim como seus pares escritores socialistas Hekma , Oosterhuis , engels que defendiam que qualquer forma de sexualidade fora do casamento monogâmico heterossexual como degeneração produzida pelo capitalismo e passível de cura pelo socialismo.
    Engels doutrinava que ” monogamia heterossexual ao invés de definhar, se transformaria em realidade -tambem para o homem – e a homosexualidade simplesmente desapareceria.”
    União civil gay já existe assim como adoção por casais gays são tão validos como os direitos dos heteros o que você quer mais ?
    Quer proibir a religiosidade ou a fé das pessoas. Me poupe né mas o unico preconceituoso aqui neste texto é você como autor dessa bobagem.

    Curtir

      1. Olha pra lhe ser sincero gosto dos teus textos por justamebte ser contra a maioria do conteúdo. Sempre leio e escuto e vejo progamas de pessoas e “esquerda” para poder tomar minhas opiniões mais criveis pois quem somente fala ou crítica uma coisa sem se aprofundar nela é no mínimo despreparado.
        O PT é um caso sério ele é totalmente contraditório em suas próprias convicções.
        e por este mesmo motivo ta na merda que ta.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s