Uma das coisas que toda pessoa gosta de fazer é dar conselho. Porque se uma pessoa te pede um conselho, é porque você é relevante o suficiente para influenciar uma decisão. Dar conselhos para mim é mais do que ajudar uma pessoa, é uma espécie de escapismo, onde eu esqueço todos os meus problemas e passo a assistir de camarote os problemas dos outros.

O melhor assunto para se dar um conselho é disparado o relacionamento. Todo mundo pede conselho sobre relacionamento e todo mundo dá conselho de relacionamento. E todo mundo faz isso muito bem, pois qualquer palavra dita neste caso soa como algo filosófico e de grande sabedoria.

Quando alguém te pede conselho sobre relacionamento, você provavelmente dirá alguma coisa que ela já ouviu e vai ouvir muitas outras vezes. “Ele quer uma mãe, e não uma namorada”, “Ele só te dará valor quando ver que você já está em outra”, ou até mesmo “Ele não merece a pessoa que você é”, tem um poder muito maior nessa situação, e a pessoa te achará um guru do amor.

Na maioria das vezes quando alguém recorre a um amigo para pedir uma opinião, ela já sabe de tudo e muitas vezes só quer confirmar, e se a opinião for diferente do que ela já pensou antecipadamente, não importa, ela vai fazer o que ela já tinha em mente.

Em algumas vezes quando vou sair e estou em “dúvida” entre qual roupa usar, eu peço um conselho de alguém que esteja próximo. “Mãe, a senhora acha que eu devo ir com a verde ou com a amarela?”. Antes de fazer a pergunta, eu já sei que vou com a amarela, pois detesto verde. “A verde fica melhor”. “Ah, mas eu vou com a amarela, eu gosto mais”.

Existe uma diferença entre dar conselho e se meter na vida. Quando alguém te pede opinião, é um conselho. Se você dá sua opinião sem ser requerido, você está se metendo na vida dos outros.

Só dê conselho se for requerido e só peça conselhos a pessoas inteligentes, caso você não tenha opinião formada, e mesmo assim cuidado.

Tome conselhos com vinho, mas tome decisões com água.

Anúncios
Posted by:HERNANDES

Eu sou um protesto contra a insensibilidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s